5 lições que CEOs podem tirar do filme “O Poderoso Chefão”

Nada de mortes, cabeças de cavalo ou tiros de metralhadora. Para Justin Moore, CEO e fundador da Axcient, empresa que oferece backup e recuperação de desastres em bancos de dados, o filme "O Poderoso Chefão", de Francis Ford Coppola, é recheado de dicas de gerenciamento de empresas para CEOs. 

Moore já havia assistido o filme há cerca de 10 anos. Mas, só agora percebeu que a família Corleone dá ótimas dicas para comandar um negócio: "Eu certamente não aprovo o crime ou a violência, e não estou sugerindo que negócios devem ser operados como a máfia. Mas, há alguns temas universais no filme que eu posso relacionar com um CEO", diz Moore, segundo o Fast Company.
 
A primeira dica do filme é sobre construir fortes comunidades. Vito Corleone diz que "algum dia – e esse dia pode nunca chegar -, eu o chamarei para fazer um serviço para mim". Essas palavras mostram que é muito importante ter uma rede de relacionamentos. Moore explica que Vito criou uma rede de influências e relacionamentos ao garantir favores e ajudar pessoas.
 
Criar parcerias estratégicas permite que empresas trabalhem em mercados desafiadores: "Como um CEO, parte de meu trabalho é ser um superconector, criando redes entre a comunidade tecnológica", explica.
 
O mesmo Vito também diz: "Qual o problema com você? Acho que seu cérebro está ficando mole". E, nesse caso, o filme faz lembrar que tem horas que precisamos ser duros. E, manter pessoas responsáveis do seu lado também ajuda. "Assim como Vito permitiu alguns momentos de fraqueza, tentaram assasiná-lo. E, em grande parte, foi por causa de falhas em sua equipe", diz Moore. 

 Ele explica que "para ter sucesso nos negócios você precisa ser duro e ser extremamente focado em atingir metas e resultados". Isso quer dizer que ter muita tolerância com pessoas ou produtos que mostram baixa performance só dificulta tudo. "Você é totalmente responsável por todos os seus empregados e acionistas", comenta.

Já Michael Corleone nos ensina a não nos emocionarmos, com a frase "Não é pessoal, Sonny. São apenas negócios". Moore diz que muitas pessoas não conseguem lidar com o fato de que, nos negócios, há perdedores e vencedores. "Nos negócios, se você perder a oportunidade de ultrapassar seus competidores, eles tirarão você do mercado", diz.
 
O CEO também explica que você não deve fazer nada que ultrapasse os limites da moralidade ou dos direitos, mas sim que, "para ter sucesso, você precisa colocar de lado suas emoções e seus egos", porque, quando isso não acontece, você toma más decisões. Estar sempre um passo a frente de seus concorrentes e jogar para vencer são dicas importantes, segundo Moore.
 
Ser decisivo é ponto-chave, segundo o CEO. Ele explica que dois sentimentos emergem nele quando vê "O Poderoso Chefão". O primeiro é o choque, "porque [Don Corleone] é tão impiedoso que mata um membro de sua própria família". O outro é o respeito "para o fato que de Don sabe exatamente o que quer, executa de forma decisiva e comanda através de um respeito inabalável".
 
Você não precisa matar alguém para provar seu ponto de vista, mas, sempre saber que decisão tomar ajuda muito. Moore diz que é preciso "saber quem no seu time está tomando decisões corretas e confiar nele para que tome ações decisivas". Para ele, hesitar é perder oportunidades.
 
Vito Corleone também diz: "Você passa tempo com sua família? Porque um homem que não passa tempo com sua família não é um homem real". Moore ressalta que muitos empresários passam 100 horas semanais trabalhando, mas isso acaba se tornando algo negativo para a vida do executivo e também para a empresa.
 
Ele diz que "um líder não pode solucionar problemas de forma criativa e nem tomar excelentes decisões sem estar conectado com pessoas ou paixões de fora do trabalho". Moore explica que passar tempo com a família e com os amigos dá a perspectiva necessária para construir relacionamentos e tomar ações decisivas para continuar no rumo do sucesso.

Fonte: olhardigital.uol.com.br

Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Geral. Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *