Américas tiveram 225 milhões de novas conexões 3G e 4G em junho

Dados da Informa Telecoms & Media foram divulgados pela 4G Americas, associação dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações.

O número de novas conexões 3G e 4G (LTE) nas Américas do Norte, Central e Sul, chegou a 225 milhões em junho de 2012, de acordo com os dados da Informa Telecoms & Media divulgados pela 4G Americas, associação setorial dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações. 
 
O número representa cerca de 22% do total de novas assinaturas móveis na região das Américas, que ultrapassou a marca de um bilhão.
 
"As assinaturas das tecnologias 3GPP não estão caindo nas Américas”, afirma Kristin Paulin, Analista Sênior da Informa Telecoms & Media. "O número aumentou 12,6% em relação ao ano passado, entretanto, as que não fazem parte da família 3GPP registraram queda de 2,4%", completa. 
 
As tecnologias 3GPP incluem: GSM, UMTS/HSPA e LTE; as que não fazem são Analog, CDMA, iDEN e TDMA. 
 
A seguir estão os destaques da região das Américas até o segundo trimestre de 2012:
 
17,7 milhões de novas conexões banda larga móvel HSPA e LTE durante o segundo trimestre de 2012 (total de 20,7 milhões de novas conexões 3GPP/GSM-HSPA-LTE adicionadas durante o segundo trimestre).
79 milhões de novas conexões banda larga móvel HSPA e LTE em comparação com o ano passado (total de 90 milhões de novas conexões 3GPP/GSM-HSPA-LTE adicionadas em comparação com o ano passado).
Tecnologias 3GPP registraram participação de mercado acima de 78%, com 807 milhões de assinaturas.
"Na região das Américas, o GSM continua sendo a tecnologia dominante, no entanto, o HSPA é de longe a que mais cresce, com 65,6 milhões de novas assinaturas HSPA entre junho de 2011 e junho de 2012", ressalta Paulin. "Durante o período, foram feitas 11 milhões de novas assinaturas GSM para a região. Todavia, a tecnologia LTE ultrapassou esse marco, registrando 13,4 milhões de conexões, enfrentando o desafio de contar com um número relativamente baixo de operadoras oferecendo", completa.
 
América Latina 
"As tecnologias 3GPP representam 95% do mercado da América Latina e o mercado potencial para a tecnologia LTE é enorme. A América Latina está no caminho certo pois já lançou sete redes LTE, além disso, muitas outras são esperadas para 2013", afirma Erasmo Rojas, diretor da 4G Americas para a América Latina e Caribe. "A chave para a implementação da LTE na América Latina é a continuidade dos leilões de frequências, com harmonização internacional em frequências alta e baixa – a fim de atender a demanda elevada de dados em áreas urbanas, além da necessidade de conectividade com a Internet em áreas rurais", conclui.
 
A América Latina aproxima-se do marco de 100 milhões de conexões de banda larga móvel HSPA e LTE.  Apesar de as conexões GSM apresentarem crescimento modesto de 6% no ano, houve crescimento de 75% para a banda larga móvel 3GPP, durante o ano, na região.
 
A implementação de banda larga móvel continua progredindo na América Latina. Até o momento: 
 
80 redes HSPA estão em operação, em 34 países da América Latina. Dessas, 41 foram atualizadas para a tecnologia HSPA+, em 22 países.
Além disso, existem sete redes comerciais LTE em cinco países. São esperadas 230 mil conexões em LTE para o final de 2012. 
Grande parte das operadoras na América Latina planejam o lançamento da tecnologia LTE até o final de 2013, de acordo com a Informa Telecoms & Media; mais de 60% das operadoras deve lançar a tecnologia dentro dos próximos dois anos.
 
Fonte: idgnow.uol.com.br
Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Tecnologia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *