Apple lança o iTunes Match, serviço para guardar músicas na nuvem

Serviço permite armazenar faixas que não foram compradas na iTunes Store nos servidores da Apple, mas ainda não vale para o Brasil.

A Apple lançou no dia 14/11 o serviço iTunes Match para Mac e PC, que permite armazenar músicas na nuvem para acesso via iPhone, iPad ou iPod Touch. A novidade, que está inclusa na versão 10.5.1 do iTunes chegou com duas semanas de atraso – o lançamento estava marcado para outubro. O iTunes Match faz parte do pacote iCloud. 

Músicas compradas na iTunes Store já podem ser transferidas para qualquer dispositivo com iOS ou para computadores com iTunes, mas e aquelas que foram compradas em CDs ou outros formatos? A resposta da Apple é o iTunes Match: por 24,99 dólares anuais, você pode armazenar nos servidores da Apple músicas que não foram compradas na iTunes Store.
 
Ele lista as músicas armazenadas no computador do usuário, envia essa lista para os servidores da Apple, que relaciona as faixas da biblioteca do iTunes; depois disso, o serviço faz uma comparação com o material oferecido na iTunes Store. Tudo que estiver disponível na loja é automaticamente baixado, em formato AAC com qualidade 256 kbps; aquelas que não estiverem disponíveis podem ser enviadas para o iCloud. O resultado final é toda a biblioteca de música – ou até o limite de 25 mil faixas do serviço – disponível para o usuário ouvir e baixar para quaisquer dispositivos iOS ou computadores com iTunes. 
 
Na nova versão do iTunes, o iTunes Match é acessado por meio de um link na página "iTunes Store" (listado no menu esquerdo do iTunes sob "Loja") Por enquanto, o iTunes Match, assim como compra de músicas na iTunes Store, não está disponível para contas brasileiras.
 
Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Tecnologia e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *