Bing tem duas vezes mais resultados “infectados” do que Google, diz pesquisa

Segundo levantamento da Sophos, buscador da Microsoft registrou 65% de redirecionamentos para links bloqueados contra 30% alcançados pelo Google.

O Bing, da Microsoft, é a ferramenta de busca dos links envenenados, de acordo com um estudo recente de Fraser Howard, principal pesquisador de vírus da SophosLabs. A pesquisa do especialista em segurança sugere que o risco de clicar em um link "contaminado" ao usar o Bing é mais do que o dobro em comparação a usar o Google, mesmo este tendo uma participação de mercado quatro vezes maior em relação ao buscador da MS.
 
No entanto, esses resultados vêm com algumas ressalvas. Howard observou tanto a duração quanto o método de sua pesquisa em post no blog Naked Security, da Sophos: "Pegando dados das duas últimas semanas para ferramentas de busca que redirecionam para links bloqueados na nossa ferramenta web, está claro que a maioria dos redirecionamentos estão afetando aqueles que utilizam a ferramenta de busca Bing ", escreveu ele.
 
Especificamente, 65% desses redirecionamentos eram de buscas pelo Bing, enquanto apenas 30% eram do Google. No entanto, Chester Wisniewski, conselheiro sênior de segurança da Sophos, disse: "Nós não estamos sugerindo que 65% das buscas do Bing estavam com malware, mas sim que das pesquisas infectadas encontradas pelos clientes da Sophos, 65% eram de usuários que usam o Bing. Isto pode ser apenas 1% – não sabemos – de todas as buscas com o Bing".
 
Howard disse que tanto o Bing quanto o Google são muito melhores em filtrar links de texto com malwares do que links de imagem. Ele ainda disse que 92% dos resultados maliciosos foram encontrados por meio de consultas de pesquisa de imagens. Clicar em uma foto infectada “resulta em redirecionamento para um site Blackhole exploit malicioso", escreveu.
 
Francis Bea, do Digital Trends, informou que os cibercriminosos usam blackhat, ou ferramentas maliciosas de Search Engine Optimization (SEO) para "aumentar as chances de que uma URL aparecerá na primeira página de resultados de um mecanismo de busca".
 
Wes Miller,  da empresa de análise independentes na Microsoft, disse que um fator para o relativo sucesso do Google pode ser sua longa relação com a VirusTotal, que culminou com sua recente aquisição pela companhia de Mountain View. "Não se sabe se a VirusTotal é a razão para isso ou ajuda a prevenir esses links maliciosos", disse Miller. "Mas precisa ser levada em consideração."
 
"Eu acho que é possível que o Google tenha gastado mais tempo e energia protegendo os usuários de conteúdo induzido de pesquisa maliciosa, e este é um dos resultados de gastar esses recursos", disse ele.
 
Wisniewski disse que não sabe por que os resultados do Google foram muito melhor do que  os do Bing , “mas eles têm muito mais experiência em combater pessoas que querem ganhar a vida manipulando motores de busca”.
 
Fonte: idgnow.uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Tecnologia e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *