Google bloqueia aplicativo que migra dados do Orkut para Facebook

Na terça, site de Zuckerberg bloqueou ferramenta de exportação para Gmail.
Ao ser instalado no Facebook, 'MigraKut' transferia os álbuns do Orkut.

O Google bloqueou o aplicativo MigraKut utilizado por usuários do Orkut para migrar o conteúdo do site para o Facebook. Segundo o criador da ferramenta, o brasileiro Rafael Zanoni, o bloqueio começou entre 16 e 17 de junho.Lançado em março deste ano, o Migrakut atingiu a marca de 1 milhão de usuários em 14 de junho. Ao ser instalado no Facebook, o aplicativo permitia transferir os álbuns do Orkut para a rede social criada por Mark Zuckerberg.

Na terça-feira (5), o Facebook havia bloqueado uma ferramenta que permitia aos usuários exportarem seus contatos para o Gmail. Chamado de Facebook Friend Exporter, o programa, que é uma extensão do navegador Chrome, era usado por usuários da rede social Google+ para recriar sua rede de contatos.

O Google confirmou ao G1 que não permite que usuários utilizem ferramentas automáticas para retirar conteúdo. No entanto, Zanoni alega que o Migrakut não removia o conteúdo do Orkut. “O aplicativo copiava os dados e transferia para o Facebook, para que o usuário tivesse as fotos nas duas redes. Além disso, a ferramenta não era automática, já que as pessoas precisavam selecionar as fotos antes da transferência”, explicou. O Google ainda disse que mantém ferramentas on-line para que seja possível que cada internauta remova seus dados de qualquer plataforma do Google. “O Google acredita que os dados confiados a suas plataformas pertencem aos usuários. Ou seja, o internauta tem toda liberdade de retirar suas informações a qualquer momento”, explicou a companhia.

Fonte: Portal G1

Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Geral e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *