Na publicidade digital, buscas são mais representativas que Facebook

A propaganda no Facebook ainda é emergente e a busca continua como a maior geradora de ROI para os anunciantes, revela o Adobe Digital Index.

O relatório mostra que a publicidade digital mantém crescimento rápido em todos os canais.
 
As aplicações direcionadas ao Facebook, segundo o estudo, cresceram 93% ao ano e representam entre 3% e 5% das despesas com busca. No entanto, os índices indicam que as redes sociais é um canal de publicidade digital forte, em crescimento.
 
"Os publicitários passaram a investir mais em anúncios sociais no ano passado. As redes sociais estão em ascensão e representam um canal importante, mas a área de busca ainda é o principal gerador do ROI para o marketing digital. Com a emergência dos tablets, os dispositivos móveis criam uma nova oportunidade para investimentos em busca, com ganhos de eficiência no geral, pelo menos a curto prazo", explicaDavid Karnstedt, vice-presidente e gerente geral da Unidade de Digital Marketing da Adobe.
 
O investimento em plataformas móveis atingiu 8% de todo o aporte em buscas nos Estados Unidos e 11% no Reino Unido. Os tablets representam 4% das aplicações totais em buscas no país norte americano. Já os dispositivos móveis e tablets são canais de menor custo e contribuíram para a redução de 5% ao ano do Preço por Clique (CPC) do Google. Por outro lado, o CPC do Bing/Yahoo aumentou 18% ao ano.
 
O tráfego em dispositivos móveis, especificamente em tablets, aumentou quatro vezes em termos anuais, e os anunciantes responderam rapidamente, aumentando os investimentos em busca entre dispositivos móveis e tablets em 250% no ano.
 
Para o quatro trimestre
 
Todo mês, a Adobe analisa os dados de anunciantes responsáveis por mais de US$ 2 bilhões em anúncios. Com base em um índice de clientes dos últimos três trimestres, a partir do segundo trimestre de 2011, algumas tendências chaves foram reveladas.
 
Nos Estados Unidos, os investimentos em buscas devem aumentar em 10% a 15% durante os três próximos trimestres 2012, alinhado às macrotendências. Já em relação aos tablets e dispositivos móveis, as aplicações financeiras devem chegar de 15% a 20% de todo o investimento em sites de buscas até o final de 2012.
 
A publicidade para tablet deve aumentar com o crescimento rápido do número de visitas originadas por este dispositivo. As taxas de conversão em dispositivos móveis são comparáveis ao desempenho do desktop, ainda que os CPCs desses aparelhos móveis sejam 30% menores.
 
Enquanto os CPCs do Facebook aumentaram 40% por trimestre nos últimos três trimestres, os CPCs das 'Histórias Patrocinadas' do Facebook tendem a ser menores do que os 'Anúncios de Mercado' da rede social, o que pode contribuir para reduções temporárias dos CPCs.
 
Fonte: administradores.com.br
Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Mídia Online. Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *