Punições do Google, como saber se você corre esse risco!

 Hoje em dia ter um site otimizado para o Google é de extrema importância para que uma empresa, produto ou serviço se destaque, a utilização de técnicas white hat também é essencial, “White hat”, isso mesmo, existem determinadas técnicas que estão na lista branca (white hat) do Google, que são práticas de boa conduta na otimização de sites (SEO), e existem também as técnicas black hat, que provocam o favorecimento do seu site em relação a seus concorrentes de maneira desleal, falando em português, “você esta burlando o sistema de hackeamento do Google”.

 Identificar uma possível punição do Google não é tarefa fácil como muitos imaginam, a não ser claro que você tenha implementado técnicas black hat intencionalmente e já saiba onde pecou. Iremos explicar como saber se seu site foi banido, quais os tipos de punição que podem ser aplicadas, quais as técnicas “Black Hat” e como solicitar um pedido de reconsideração para o Google.
 
Como saber se meu site foi banido?
Primeiramente se seu site tem menos de 6 meses talvez ele não tenha sido banido exatamente, a maioria dos domínios com menos de seis meses são muitas vezes comprados por um ano e depois descartados, gerando assim um spam de domínios, o Google possui um filtro denominado Sandbox  que varre os domínios recém criados, ou seja, domínios novos serão sempre analisados pelo Sandbox. Lembrando claro que o tempo de criação do domínio é critério de pontuação para o Google, quanto mais tempo o domínio existir melhor será seu posicionamento.
 
Se o seu domínio caiu no Sandbox existem várias coisas a fazer para ganhar ou recuperar a confiança do Google, o mais importante é conseguir links de entrada de confiança. Outros fatores que ajudam a ganhar a confiança do Google são produzir conteúdo de qualidade, fazer os redirecionamentos adequados para que não caia em um 404 ou página não encontrada.
Alem do sandbox, existem fatores que indicam que o domínio esta sendo banido, como o desaparecimento do seu site nos resultados de busca, queda de ranking, diminuição de pagina indexadas, entre outros. Utilize a ferramenta de web master do Google para verificar as indexações, o Google Analytics para efetuar o monitoramento de acessos dos seus sites e a ferramenta de palavras -chave para monitorar as mesmas.
Quais os tipos de punição?
Existem 3 tipos de punições que o Google aplica, são elas:
Penalidade -30
Penalidade -950
Exclusão
– A penalidade -30 afeta todo o domínio, o site recebe um decréscimo de 30 posições na classificação.
– A penalidade -950 afeta páginas individuais, o site recebe um decréscimo de 950 posições. Mas isso pode não ser aplicado a todas as palavras-chave para as quais o site esteja otimizado, mas apenas a um grupo de palavras em específico.
– A exclusão, essa é a mais séria de todas, pois o seu site sai por completo dos resultados, esse tipo de punição só é aplicado a violações de grandes proporções, como por exemplo cloaking ou doorway.
 
Algumas técnicas Black Hat
Keyword Stuffing, excesso de palavras-chave no conteúdo, o texto pode ter muitas palavras repetidas gerando assim um spam de palavras-chave, ou ate mesmo é inserido várias palavras-chave em um fundo branco com texto também branco, passando despercebido pelo visitante.
Escondendo Links, links em um fundo branco com texto também branco, passando despercebido pelo visitante.
Keywords não relatadas no assunto, é a utilização de keyword com pouca relevância ao assunto no intuito de aumentar o tráfego para o site.
Page swapping, técnica onde a página é substituída, logo depois da passagem da search engine, por uma página não otimizada.
Mostrar páginas diferentes para diferentes tipos de visitantes, a intenção é mostrar páginas diferentes para usuários e ferramentas de busca. Pode ser apresentado uma versão indexável para as ferramentas de busca, diferente do que o usuário vê. Isso é feito através de Cloaking e Redirects.
Redirects, é o carregamento e redirecionamento de uma página sem a interferência do usuario. Isto é feito para que o usuário passe pela primeira página otimizada para a seguinte sem que ele o mesmo perceba.
Cloaking, o browser ou uma search engine visita o site mandado um pedido com uma informação de identificação, como a versão do browser ou o searchbot, assim é mandada uma resposta diferente a esse pedido. As páginas feitas para as engines são simples, fáceis de serem compreendidas e com uma grande densidade de keywords. Já as páginas para usuários são graficamente complexas, atrativas, com estruturas de navegação e menos textos.
 
Solicitar um pedido de reconsideração para o Google
Antes de solicitar o pedido de reconsideração para o Google é necessário corrigir os problemas que o site detêm, se você não utiliza nenhuma das técnicas Black Hat listadas acima e mesmo assim seu site teve um decréscimo é necessário analisar algumas coisas, verifique os links, coloque links de entrada de qualidade e retire os que não são uteis e de má qualidade, Meta Keywords, não utilize mais que 200 caracteres, para não gerar spam, conteúdo duplicado, não fique copiando conteúdo de outros sites isso provoca decréscimo, não adianta estar atualizando o site todos os dias se o conteúdo é duplicado, essa é uma das principais causas para um site não ter bom posicionamento.
Após feita as devidas correções é hora de solicitar ao Google sua reinserção, para isso você precisa ter uma conta no Google Webmasters Tools, nela você terá a opção de “Pedido de Reconsideração”, siga todos os passos e terá um formulário onde poderá explicar os motivos que levaram o seu site receber punição, diga os motivos e relate também que já os corrigiu, após isso é necessário aguardar um tempo, para que seja avaliado o seu pedido e seu site volte ao normal nos resultados das buscas Google.
 
Autor: Kleber Bernardo | Publicidade Digital
Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Geral e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *