Spam e senhas desaparecerão em cinco anos, prevê IBM

Segundo vídeo com previsões da IBM, em cinco anos, 80% da população global terá celulares e cidadãos comuns produzirão energia.

Em cinco anos, o spam pode acabar, já que os sistemas de e-mail serão inteligentes o suficiente para filtrar as informações importantes para o internauta, e ninguém precisará memorizar diversas senhas para acessar serviços e bancos de dados, pois os computadores e dispositivos móveis utilizarão dados biológicos, como leitura da retina ou DNA, para criar um código único e pessoal para cada usuário.
"O cérebro perde tempo tentando localizar as senhas", diz o pesquisador da IBM, no vídeo. Segundo a IBM, as pessoas poderão sacar dinheiro em um caixa eletrônico apenas olhando através de um escaner ou falando seu próprio nome em um microfone.
As previsões foram feitas pela IBM no YouTube, em mais um de seus vídeos com previsões para a área de tecnologia que devem se concretizar nos próximos cinco anos. Trata-se da sexta edição do vídeo "Next 5 in 5" que mostra tecnologias com potencial para transformar a vida das pessoas e também o foco das pesquisas realizadas em laboratórios da empresa em todo o mundo. Confira o vídeo completo (em inglês) clicando
aqui!

Entre as outras previsões da IBM está a de que, em 2016, 80% dos habitantes de todo o mundo terão pelo menos um dispositivo móvel e que as pessoas produzirão sua própria energia elétrica, o suficiente para alimentar os equipamentos elétricos e eletrônicos de sua casa. Segundo a empresa, os médicos poderão usar técnicas para ler a mente dos pacientes e fazer pesquisas sobre o funcionamento do cérebro humano.

As técnicas de leitura da mente, segundo a IBM, também poderão ser úteis quando estiverem integradas com computadores e outros dispositivos, como celulares. Desta forma, bastará que o usuário pense em ligar para alguém que o aparelho automaticamente fará a ligação. "Talvez em alguns anos, quando você precisar escrever algo, você não precise digitar ou falar, mas apenas pensar", a empresa afirma no vídeo.

Previsões de quatro anos atrás
Os dois primeiros vídeos da IBM, com previsões para os cinco anos seguintes, não estão disponíveis no YouTube, mas as previsões de 2007, ou seja, que se realizariam até 2012 podem ser vistas no site. Naquele ano, a empresa previu que os carros ganhariam sensores para evitar colisões com outros veículos. Além disso, sensores localizados nas ruas informariam o sistema dos carros sobre vias congestionadas, de maneira que ele sugerisse ao condutor uma mudança de rota. Veja o vídeo gravado em 2007 (em inglês) clicando
aqui!

A segunda previsão, que já se concretizou, é a de que os celulares poderiam ser usados para pagamentos (Oi Paggo e Google Wallet são exemplos) e, quando o dono viajasse para locais desconhecidos, ele poderia sugerir opções de entretenimento, como shows e restaurantes com base em seu gosto pessoal (o aplicativo da rede social Foursquare já oferece informações como estas). Aplicativos de celular, previu a IBM, poderiam fazer reservas em restaurantes para seu dono – o que já é possível com o Siri, aplicativo do novo iPhone 4S, em alguns países.

Sobre as compras em supermercado, a IBM previu que os consumidores poderiam escanear o código de barras dos produtos e descobrir onde aquele produto foi produzido ou cultivado, se ele foi submetido a agrotóxicos e como foi feito o transporte até o supermercado. Esta previsão, no entanto, ainda não é realidade na maior parte dos supermercados do mundo.

Fonte: tecnologia.ig
 

Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Geral. Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *